domingo, 21 de novembro de 2010

FLAGRANTE DE DESPEJO DE ENTULHOS EM PRAZERES






















video

Por volta das 11h 35 min deste dia após algumas investidas na localidade, foi flagrado um homem despejando entulhos (ISOPOR) em local inadequado. No momento da abordagem havia uma ação integrada envolvendo o GAMA, GTT e o SERVIÇOS URBANOS, cuja finalidade maior é coibir este tipo de agressão ao meio ambiente. Após a realização da educação ambiental, o mesmo foi advertido pelos fiscais da Secretaria de Serviços Urbanos, onde ficou acertado a mitigação ou reparo aos possíveis danos causados à natureza. Foi dito pelos agentes que o único local em Jaboatão a aceitar este tipo de material seria a CTR CANDEIAS.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

BLITZ AOS CAMINHÕES DE ENTULHOS...

















Operação deflagrada entre a Secretaria de Serviços Urbanos, Secretaria Especial do meio Ambiente, e GTT, que visa supervisionar os estados dos veículos que circulam no município do Jaboatão dos Guararapes e que estejam carregando entulhos ou resto de construção civil, que seria depositada irregularmente em locais impróprios. Foram vistoriados mais de 18 caminhões. Nomes e números de RG's foram coletados para futuras consultas (Reincidências). Além da lei Federal 9.605/98 LCA, o artigo 62, inciso V e artigo 66 do Decreto federal nº 6.514/08, c/c o artigo 4º, parágrafo 1º e 2º da Resolução do CONAMA nº 307/02, que pode lavrar uma multa que varia entre R$ 5.000,00 até R$ 50.000,00.
Esta Operação é por tempo indeterminado.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

BLITZ DE POLUIÇÃO SONORA NO MERCADO PÚBLICO DE JABOATÃO CENTRO















video

Nesta quinta feira, 05 de agosto de 2010, atendendo a uma solicitação do Sr. Ozéas júnior, administrador do mercado público de Jaboatão Centro, o GAMA foi acionado para coibir abusos sonoros praticados por proprietários de bares e estabelecimentos comerciais, localizados no interior das instalações da feira pública.
Foram autuados com advertência, quatro bares. A próxima atuação será a apreensão dos equipamentos que não respeitarem a lei estadual 12.789/2005, que trata da lei do silêncio, onde os decibéis não poderão ultrapassar a 65 db(A) das 07h 00min às 21h 59min, e que após 22h 00min os níveis não deverão ultrapassar a 50 db(A).
A partir desta data serão intensificadas mais ações juntamente com a Polícia Militar, Polícia Civil, e SEPLAN no Mercado Público de Jaboatão Velho.
fonte: GAMA - Grupamento de Apoio ao Meio Ambiente

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Gama apreende caminhão que despejava lixo irregular










































video


Ação ocorreu na proximidades do pedágio da Ponte do Paiva.
O Grupamento de Apoio ao Meio Ambiente (Gama) da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes realizou, nesta sexta-feira (30/07), a apreensão em flagrante de um caminhão que estava despejando lixo irregular em uma área de preservação ambiental próximo ao pedágio da ponte do Paiva. Esta é a 6ª apreensão do tipo realizada somente este ano no Município.O flagrante aconteceu por acaso. Uma equipe do Gama estava no local realizando uma vistoria solicitada pelo Ministério Público por causa de uma denúncia de construções irregulares em área de mangue quando encontrou o caminhão despejando material de construção civil e resíduos de embalagens de alumínio. De acordo com o chefe de Núcleo da Coordenadoria de Recursos Hídricos, Francisco Cesário, este tipo de ação é motivada pela tentativa de baratear custos. “Despejar o lixo corretamente em aterros autorizados custa, em média R$ 150,00 por tonelada”, explica Cesário.A multa mínima para este tipo de infração é de R$ 5 mil, variando de acordo com a gravidade do ato e podendo ultrapassar os R$ 50 mil. Os culpados também assinam um termo de responsabilidade de limpeza do local. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Márcio Mendes de Jaboatão, para evitar este tipo de problema, as empresas que contratam serviços de despejo de lixo devem fiscalizar a destinação dos resíduos através da verificação do boletim de monitoração emitido pelos aterros. Mangues e rios. A ação inicial provocada pela denúncia do Ministério Público chama a atenção para outro sério problema enfrentado pela cidade: as construções irregulares em áreas de preservação ambiental. É comum a Prefeitura receber denúncias de infrações especialmente nas regiões de mangues ou próximas aos leitos de rios. “Plantas ciliares impedem o processo erosivo das encostas”, explica Francisco Cesário. “E como as áreas vizinhas ao leito do rio são todas interligadas por eles, uma chuva torrencial em área desmatada pode causar cheias em outros pontos da margem”, completa o Chefe de Núcleo.
Por: Monaliza Brito em 30.07.2010 às 16h26

quarta-feira, 28 de julho de 2010

saguins são devolvidos a seu habitat natural...























































FILO: Chordata
CLASSE: Mammalia
ORDEM: Primatas
FAMILIA: Callithrichidae
NOME CIENTIFICO: Callithrix jacchus
NOME EM INGLES: Common marmoset
OUTROS NOMES: Saguim comum; sagüim, sauim, xauim, sauí, soim, massau, tamari, mico, miquinho.
PREDADOR: Seus piores inimigos são as aves de rapina.
CARACTERÍSITCAS:Comprimento: até 30 cm, mais de 35 cm de cauda.Peso: até 240 g
Cauda: não prensil
Cria: 1 a 3 filhotes.
Período de gestação; 150 dias
Tempo de vida: até 20 anos.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Veículo apreendido por despejar entulhos na BR-101

Prefeitura de Jaboatão iniciou operação permanente de fiscalização

Começa a dar resultados a operação permanente de vigilância da Prefeitura de Jaboatão para evitar que a população jogue lixo ou entulhos em áreas irregulares. Nesta quarta-feira, 14, foi multado e apreendido um caminhão da marca Mercedez que derramou restos de construção (incluindo gesso) às margens da BR-101.

O secretário de Serviços Urbanos, Evandro Avelar, explica que hoje o Município recebe cerca de 30 lançamentos por dia, por isso é necessária uma ação ostensiva de fiscalização. “Muitas vezes as pessoas fazem o mais fácil e deixam o lixo em um terreno baldio. Mas eles não têm noção que podem estar contaminando o lençol freático, poluindo áreas de mangue, interrompendo a vazão dos canais ou mesmo causando infiltração de água em áreas de morros”, alerta. Quem derrama lixo em áreas irregulares pode ser multado e ter o seu veículo apreendido. No caso do caminhão apreendido na BR-101, ele foi multado pela Polícia Rodoviária Federal, pela Limpeza Urbana do Município e pelo Grupamento de Apoio ao Meio Ambiente e apreendido na Guarda Municipal do Município.

O principal agravante no caso de hoje é que entre os entulhos encontrados havia uma quantidade significativa de gesso, que não pode ser jogado nem mesmo em um aterro comum por conter enxofre, que é uma substância nociva. De acordo com o Conama, o gesso está na classe C de materiais, pois pode gerar a formação de gases sulfídricos em caso de decomposição anaeróbica.


O responsável pelo despejo do material também será alvo de autuações pela Gerência de Limpeza Urbana do Município, por ter infringido os artigos 7 (incisos 9 e 10), 15 e 19 da Lei número 100/90. No total, a multa chega a 18 UFJG – R$ 1.856,52. Além disso, a Polícia Rodoviária Federal autuou o veículo por abandonar objetos ou substâncias na via pública, que gera quatro pontos na carteira do motorista (infração média).

O gerente de Limpeza Urbana do Município, Werner Brito, avisa que tanto a Polícia Rodoviária Federal, como a Guarda Municipal (através do GAMA e do GOTE) e a Limpeza Urbana estão em vigilância permanente. As áreas em que a vigilância estão sendo reforçadas são a BR-101 em toda a sua extensão, Avenida Beira Canal (próximo à Lagoa Olho D`Água), Cajueiro Seco, Candeias (Vaquejada) e no Eixo da Integração da Muribeca.

Por: Eduardo Amorim em 14|04|2010 às 11h57

domingo, 28 de março de 2010

Gestão integrada entre as Guardas Ambientais de Jaboatão e Recife, benefeciam soltura de uma Preguiça em jardim Botânico.














Gozando de ótimo estado de saúde, e após ser entregue por moradores de Cavaleiro "3º distrito", o mamífero foi conduzido e solto no Jardim Botânico do Recife pelos integrantes do GAMA. O animal foi recebido pelo pessoal da BRIGADA AMBIENTAL DO RECIFE, uma parceria perfeita e comum entre as Guardas ambientais em PE, onde todos ganham principalmente a natureza.
A preguiça, ou bicho-preguiça, é um
mamífero da ordem Xenarthra (anteriormente chamada de Edentata ou Desdentada), a mesma dos tatus e tamanduás), pertencente à família Bradypodidae (preguiças com três dedos) ou Megalonychidae (preguiças com dois dedos).
Todos os dedos têm garras longas pelas quais a preguiça se pendura aos galhos das árvores, com o dorso para baixo. Seu nome advém do
metabolismo muito lento do seu organismo, responsável pelos seus movimentos extremamente lentos. É um animal de pelos longos, que vive na copa das árvores de florestas tropicais desde a América Central até o norte da Argentina. Na Mata Atlântica, o animal se alimenta dos frutos da Cecropia (embaúba, conhecida por isto como árvore-da-preguiça)
De hábitos solitários, a preguiça tem como defesa sua camuflagem e suas garras. Para se alimentar, a Preguiça utiliza-se de "dentes" que se apresentam em forma de uma pequena serra. Herbívoro, tem hábitos alimentares restritos, o que torna difícil sua manutenção em cativeiro. Dorme cerca de 14 horas por dia, também pendurada nas árvores. Na reprodução dá apenas uma cria, e apenas a fêmea cuida do filhote. Reproduz-se, como tudo que faz, na copa das árvores. Raramente desce ao chão, apenas aproximadamente a cada sete dias para fazer as suas necessidades fisiológicas. O seu principal predador é a
onça-pintada.

sábado, 27 de março de 2010

Jibóia é encontrada em área urbana de Jaboatão
















O animal foi capturado pela equipe do Gama e encaminhado ao IBAMA.

O Grupamento Apoio ao Meio Ambiente (GAMA) capturou, nesta sexta-feira (26/03), uma jibóia no quintal de uma casa, localizada na Rua Dr. Luiz Gonzaga Maranhão, bairro do Socorro, na regional de Jaboatão Centro. O animal de 2m20 foi resgatado pelo Inspetor Ubirajara Gomes e pelos guardas municipais do GAMA, Aldo Bezerra e Sávio Sá, e encaminhada ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA), no Recife.“Este é um trabalho relevante que vem sendo executado. Com as mudanças climáticas e o desmatamento de nossa vegetação, acaba quebrando a cadeia de sobrevivência desses animais. Atualmente, chegamos a resgatar três bichos-preguiça por semana”, ressalta o secretário de Meio Ambiente, Márcio Mendes. Ele comenta que com o aumento deste desequilíbrio, os profissionais da gestão passam por cursos de capacitação: “O nosso grupamento de ação é capacitado pela Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma). Realizamos fiscalizações ambientais relacionadas a poluição sonora como também a crime ambientais”. O animal foi encontrado em uma jaqueira, no quintal de uma casa

Por: Mirelle Saldanha em 26032010 às 15h54

Prefeitura fará licenciamentos Ambientais











Prefeitura fará licenciamentos Ambientais O projeto de lei será encaminhado até o final deste semestre
Os funcionários das Secretarias de Meio Ambiente e Planejamento e Gestão Territorial concluíram, na ultima quinta-feira (24), um curso com objetivo de capacitá-los para a realização de licenciamentos ambientais no Município. Atualmente, as licenças são expedidas pela Agência Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH). A capacitação faz parte do processo de implantação de um sistema de licenciamento municipal em Jaboatão. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Márcio Mendes, o projeto de lei para a transferência da autoridade na realização dos licenciamentos dos empreendimentos locais para a Prefeitura será encaminhado à Câmara Municipal até o final desse semestre. “A previsão é que o novo sistema seja implantado no próximo ano. A capacitação já nos dará possibilidades certas de iniciarmos os trabalhos de monitoramento assim que o projeto for aprovado”, ressaltou. Durante a capacitação, os funcionários foram instruídos sobre o sistema de licenciamento e como isso será executado em Jaboatão. A fiscalização acontece nos empreendimentos locais que causam algum impacto ambiental na cidade, como postos de gasolinas, oficinas mecânicas, supermercados e panificadoras.

Por: Mônica Gominho em 26032010 às 16h03